quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Você tem dificuldades em acordar cedo? Veja dicas que podem ajudar


Usar o botão “soneca” do despertador (colocando-o para despertar várias vezes a cada 5, 10, 20 minutos etc.) faz mal? Quando isso pode funcionar?

Isso pode ajudar a despertar, mas mostra que a pessoa não está dormindo o suficiente. Melhor é que procure aumentar o numero de horas de sono. Além disso, esse sono entre os intervalos do despertador é muito superficial e, por isso, faz a pessoa acordar irritada e cansada. Sim: essa irritação no período da manhã é outro sinal de que você está dormindo menos do que devia.

Uma observação: a serotonina, um neurotransmissor associado à sensação de bem-estar e relaxamento, é liberada no organismo no início do sono. Quando vai chegando a hora de acordar, porém, outras substâncias entram em jogo, como a adrenalina e a dopamina. Elas são um sinal para o seu corpo despertar e são responsáveis por diminuir os níveis da melatonina (o já referido hormônio do sono). Então, imagine: ao ficar acordando e dormindo de novo, você acaba promovendo uma bagunça química no seu cérebro. E isso não faz nada bem – o que explica o mau humor e, talvez, certa confusão mental quando você finalmente se levanta. 

O que determina em nosso cérebro a hora de acordar?

Existem células no núcleo do hipotálamo que são como um reloginho e promovem a secreção de certos hormônios na hora de dormir e acordar. O problema é que muita gente dorme e acorda em horários diferentes a cada dia, o que faz com que essas células deixam de funcionar de forma sincronizada.

Mas é possível reajustar o nosso relógio biológico?

Sim, desde que se estabeleça uma rotina. Isso pode levar semanas ou meses, mas é possível – e, quando ele estiver regulado, você poderá até dispensar o despertador.

Por que muitas vezes acordamos com dor de cabeça quando dormimos demais?

O nosso próprio organismo impõe um limite. É por isso que, por mais que estejamos com déficit de sono, acabamos acordando com dor de cabeça quando ao dormir demais. Quando atingimos um determinado número de horas dormidas (o que varia de pessoa para pessoa), nosso organismo (sob o comando do hipotálamo) começa a secretar um hormônio chamado adrenalina para nos despertar. Quando dormimos demais, ocorre um acúmulo desse hormônio e isso provoca a dor de cabeça.

O que podemos fazer para espantar o sono pela manhã e conseguir sair da cama mais cedo? Há uma receita?

Existem alguns pontos que podem ajudar:

Se houver alguém que possa te acordar, peça ajuda. Ter alguém insistindo para você acordar pode ser útil no começo.

Não fique enrolando na cama. Assim que acordar, já saia dela e vá lavar o rosto. Querer ficar mais cinco minutinhos só vai tornar a coisa mais difícil e deixará você mais irritado.

Tome um café ou chá-preto. A cafeína é um estimulante que ajuda a espantar o sono – só não exagere para não irritar seu estômago.

Para espantar o sono durante o dia, pratique alguma atividade física e dê uma volta ao ar livre.

E o mais importante: não dá para querer acordar mais cedo sem dormir mais cedo. Ir para a cama uma horinha antes já pode ajudar bastante. Tente mudar progressivamente: no primeiro dia, tente dormir e acordar 20 minutos mais cedo. Vá fazendo isso até chegar ao seu horário ideal. E evite cochilar durante o dia – isso tornará mais difícil respeitar os horários que você quer estabelecer.



Fonte: Super Abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!