domingo, 27 de maio de 2012

SERÁ QUE A SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL MANDOU INSTAURAR SINDICÂNCIA, OU PUNIU ALGUM DELEGADO?

Pernambuco! “Não vamos mais trabalhar de graça”, dizem delegados contra hora extra. A categoria está à frente de um movimento que quer alertar o Governo quanto ao trabalho além da carga horária. Eles afirmam ainda que, este ano, não farão hora extra sem receber. 

EM 24 DE MAIO DE 2012. Mais de 15 delegados se reuniram em Caruaru, na noite desta última quarta-feira (23), para discutir a jornada de trabalho durante o São João. Eles estão à frente de um movimento que quer alertar o Governo do Estado quanto ao trabalho além da carga horária e afirmam que, este ano, não vão fazer hora extra sem receber. “Essas operações que vocês veem na televisão obrigam os policiais e delegados a trabalhar em horário extra. Eles não recebem nada a mais por isso. 

Desde outubro do ano passado, nós estamos tentando fazer com o governo cumpra lei. Com esta reunião, então, ficou decidido que todos os delegados que assinaram a ficha de renúncia não poderão ser escalados para essas jornadas de São João.Através desta lista, faremos uma comunicação formal ao governo”, Flaubert Queiroz, presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe). 

Como afirmou Flaubert, o movimento começou no mês de outubro, mas só no mês começo de maio os delegados entregaram os plantões que excediam a jornada normal. De acordo com eles, a carga extraordinária, que inclui além dos plantões, operações e blitze, não estaria sendo devidamente remunerada. Ainda de acordo com o presidente Adeppe, mais de 200 delegados já aderiram ao movimento no Estado. Agora, todos aguardam a negociação com o Governo do Estado EXTRAÍDO DO BLOG GALHO DE MATO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!