sábado, 26 de maio de 2012

MMA: Edson Barboza perde por nocaute para Jamie Varner no UFC 146

Fluminense perde a invencibilidade de dez lutas, enquanto americano tem retorno triunfal ao UFC, com vitória após cinco anos de ausência no evento

O peso-leve brasileiro Edson Barboza sofreu uma dura derrota neste sábado, no UFC 146, ao ser nocauteado pelo americano Jamie Varner aos 3m23s do primeiro round. Com o resultado, Barboza sofre sua primeira derrota em 11 lutas como profissional. Já Varner, que retorna ao UFC após um intervalo de cinco anos, conquistou sua 20ª vitória na carreira. Esta foi a quinta luta de Barboza no UFC, com quatro vitórias. Antes do duelo contra Varner, o brasileiro havia vencido de forma espetacular o inglês Terry Ettim, com um nocaute com chute rodado no UFC Rio 2.

Jamie Varner comemora o nocaute técnico sobre brasileiro Edson Barboza no UFC 146 (Foto: Getty Images)

- Não sei se aprende de verdade. Mas Deus sabe o que faz sempre. Se não foi a vontade dele, eu não tenho o que reclamar. Na luta eu vi todos os movimentos dele, mesmo por baixo. Na hora eu fiquei achando que não deveria ter parado. Mas depois vi o vídeo e o juiz fez a coisa certa para me proteger. Meu sonho continua, não muda nada. É mais uma pedra no caminho, mas eu vou seguir em frente até onde pude - disse Barboza em entrevista ao canal Combate.

O combate começou com Barboza aplicando fortes chutes baixos nas pernas de Varner, mas foi surpreendido com um bloqueio e uma derrubadas precisas do ex-campeão peso-leve do extinto WEC. Caindo por cima do brasileiro, Varner tentou fazer pressão no chão, mas foi surpreendido pela escapada rápida de Barboza. A luta voltou a ser disputada de pé, e Varner percebeu que o brasileiro abria a guarda ao aplicar os chutes, e aplicou socos potentes que desequilibraram o brasileiro. Barboza sentiu os socos e não conseguiu se defender da sequência que veio a seguir, que obrigou o árbitro Steve Mazzagatti a interromper a luta aos 3m23s do primeiro round.

- Gostaria de agradecer ao UFC por me trazer de volta. Passei por situações difíceis e é bom ser acolhido novamente. O Edson é um lutador que dá medo, é muito bom. Mas meu time me deu força e me disse para encarar o desafio, porque eu estava preparado. Foi o que eu fiz. É surreal que eu tenha conseguido fazer isso contra Barboza, que era um monstro na minha mente. Estou muito feliz com a minha performance - disse Varner após a luta.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!