sexta-feira, 27 de abril de 2012

Morar junto antes de casar aumenta chances de divórcio

Morar sozinho dá um prejuízo enorme. É conta de luz, aluguel, condomínio, internet, telefone. Em alguns casos, fica mais em conta alugar um apê de 3 quartos do que uma quitinete de 30 metros quadrados. Então ou você fica na casa do papai ou aguenta as dores (e as delícias) de dividir o teto (e a louça, a sujeira, a tevê…) com os amigos. Ou junta os chinelos com o namorado e vai viver tranquilo (oi?) num apê de um quarto só.

Só que essa escolha pode não ser tão boa assim. Segundo um artigo publicado no New York Times, quem mora junto antes de casar tem mais chances de ter um casamento infeliz e de encarar o divórcio depois. Isso porque, segundo um estudo citado no texto, eles se juntam sem pensar muito no assunto. Já passam um tempão juntos, revezando as noites na casa um do outro, então por que não se unirem logo? E qualquer coisa, se der errado, um deles (ou os dois) sai da casa. Simples.

E isso parece ser tendência. O artigo diz que a maioria das pessoas de 20 e poucos anos vão viver com o par romântico pelo menos uma vez. E, mais da metade dos noivos, já vão ter morado juntos.

O problema, diz o artigo, é que eles se enganam: sair dessa relação não é tão fácil assim. Além das contas, eles dividem os amigos, o cachorro, os segredos… Já pensou na trabalheira que dá largar isso tudo, fazer a separação de bens? Aí eles preferem ficar juntos, casar. Mas logo seseparam. (E aquela festa de 30 mil reais? Que desperdício, hein?)

Pois é. Mas ninguém garante também que sua vida conjugal vai ser linda se você namorar por 4 anos, sem dividir um teto antes, casar na igreja e ter 3 filhos. Cada caso é um caso. Melhor, então, fazer o que der vontade, né não?

Crédito da foto: flickr.com/yourdon

Fonte: Super Abril.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!