domingo, 29 de abril de 2012

Michael Jackson teve caso com Whitney Houston, diz guarda-costas

Michael Jackson e Whitney Houston teriam tido um tórrido caso de amor em 1991.

É o que diz Matt Fiddes, um milionário e mestre em artes marciais que era o antigo guarda-costas e confidente de Michael Jackson, deu uma entrevista reveladora sobre o rei do pop ao jornal "The Sun".

"Whitney praticamente se mudou para o rancho de Michael e eles tiveram um caso assim como qualquer outro jovem casal. Mas Michael disse mais tarde que ele sempre esperou que o relacionamento deles tivesse ido além, e eu sei que ele sonhava se casar com ela", disse.

O namoro teria durado apenas duas semanas.
Michael Jackson e Whitney Houston teria tido um caso, diz guarda-costas

Matt ainda fez outras declarações sobre Michael Jackson e disse que o astro era anoréxico e viciado em drogas, coberto por marcas agulha, careca e impotente.

Ele disse ainda que Jackson ficou obcecado pelo nazismo em seus últimos anos, depois que uma pessoa perto dele "era racista e encheu sua cabeça com pensamentos anti-semitas... Nós nos livramos da pessoa e conseguimos 'reprogramar' sua cabeça para que ele não pensasse mais naquilo".

O ex-guarda costas disse ainda ser o pai biológico do caçula de Jackson, Blanket.

Segundo ele, Michael pediu a ele uma doação de esperma em 2001, pois ele queria uma "criança atlética".

Fiddes contou que está planejando ir ao tribunal de Los Angeles pedir por um teste de DNA.

"Eu só quero ver Blanket de vez em quando. Não é uma batalha pela custódia dos filhos", disse.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!