sábado, 28 de abril de 2012

Após onze anos, Citroën Xsara Picasso dá adeus

Minivan média terá produção encerrada na fábrica da PSA em Porto Real

DIOGO DE OLIVEIRA
Lançada em março de 2001, a minivan Citroën Xsara Picasso dá adeus e deve deixar saudades aos brasileiros. A notícia era esperada e agora é oficial: nos próximos dias, a Citroën do Brasil encerrará a produção da minivan média Xsara Picasso, lançada em março de 2011. Com linhas ovaladas e estilo próprio, cheio de apelo familiar, o monovolume foi o primeiro veículo produzido pela Citroën no país, inaugurando – junto com o Peugeot 206 – a linha da fábrica da PSA em Porto Real, no Sul fluminense. Em onze anos, 106 mil unidades foram produzidas.

Com o lançamento da minivan C3 Picasso, e da versão aventureira AirCross, o fim de linha para a Xsara Picasso era uma questão de tempo. Desde meados de 2010, o modelo era produzido apenas na unidade brasileira, já que na Europa a dupla C4 Picasso e Grand C4 Picasso sucedeu a minivan derivada da família de médios Xsara – lançada no fim dos anos 90. Mundialmente, o monovolume superou a impressionante marca de 1,73 milhão de unidades.

Em julho de 2011, a minivan Xsara Picasso atingiu a marca de 100 mil unidades produzidas em Porto Real (RJ)A Xsara Picasso foi a resposta da Citroën à arquirrival Renault, que em 2006 lançara a Scénic no mercado francês – modelo que rapidamente se tornou um sucesso de vendas. Na Europa, a minivan da Citroën era montada na fábrica espanhola da PSA, em Celta de Vigo. Entre suas peculiaridades, a Xsara Picasso inovou o segmento ao oferecer um interior extremamente amplo e sofisticado, com o quadro de instrumentos todo digital e centralizado do painel. 

Ao longo dessa mais de uma década em linha, a Xsara Picasso foi oferecida em diversas configurações, recebeu retoques estéticos discretos e teve um monte de séries especiais. O generoso porta-malas de 550 litros até hoje é referência na veterana minivan, assim como as múltiplas possibilidades de configuração dos bancos traseiros. Segundo a Citroën, o modelo – mesmo após esses onze anos – é um dos recordistas em fidelidade dos proprietários. 

Confira abaixo a cronologia da minivan média da Citroën no Brasil: 

2000 – Inauguração Centro de Produção da PSA Peugeot Citroën de Porto Real (RJ)
2001 – Lançamento Xsara Picasso no Brasil (março) 
2002 – Série Xsara Picasso Étoile 
2003 – Série Xsara Picasso Brasil 
2004 – Lançamento Xsara Picasso com 138 cv (março) 
2004 – Lançamento Xsara Picasso Automatique (BVA) (maio) 
2005 – Lançamento Xsara Picasso 1.6 16V (junho) 
2006 – Série Xsara Picasso Seleção (março) 
2006 – Lançamento Xsara Picasso 1.6 16V Flex (outubro) 
2006 – Série Xsara Picasso Navegador (novembro) 
2007 – Lançamento Novo Xsara Picasso (reestilização) (agosto) 
2008 – Série Xsara Picasso Wii (novembro) 
2010 – Série Xsara Picasso Avatar (junho) 
2011 – Série Xsara Picasso Movie (março)

Fonte: Auto Esporte G1

2 comentários:

  1. NÃO ACEITAREI JAMIS ESSE CARRÃO MARAVILHOSO SAIR DE LINHA.....
    O C3 PICASSO E O AIR CROSS JAMAIS HÃO DE CHEGAR AOS SEUS PÉS.
    O POVO NÃO SABE MAIS O QUE FAZ PARA ARREBENTAR COM NOSSOS CORAÇÓES.
    VOLTA XSARA PICASO!!!!!

    ResponderExcluir
  2. isso é um absurdo......
    minivan com tantos recursos, totalmente moderna e digital quanto ao seu painél..
    Praticamente uma obra de arte.
    como diz seu proprio nome.PICASSO
    UM DESIGNE INOVADOR COMO O DE 2008 PARA CÁ.
    POVINHO FDP!!!!!
    NÃO VÃO VENDER O C3 PICASSO NEM O AIR CROSS, MAIS É NUNCA!!!
    E O C4 PICASSO, NINGUÉM CONSEGUE COMPRAR, DE TÃO CARO QUE É....
    VÃO SE ARREPENDER!!!!

    ResponderExcluir

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!