quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Exposição fotográfica exalta sensualidade de idosas

Exposição fotográfica exalta sensualidade de idosas no Amazonas
Ensaio foi realizado apenas com mulheres que tem acima de 60 anos.
A exposição, que acontecerá em março, será aberta ao público.

Objetivo da exposição é levantar a auto-estima das idosas sem perder o respeito que a idade exige 

A exposição 'Tamoios e Porangas' será realizada no período de 6 a 8 de março, a partir das 18h no salão central do Centro Estadual de Convivência do Idoso (Ceci), no bairro Aparecida, Zona Sul de Manaus. A exposição mostra, em 27 fotografias, a sensualidade de mulheres com mais de 60 anos, inscritas nas atividades oferecidas pelo Ceci. Algumas das fotos foram feitas nas cachoeiras de Presidente Figueiredo, município a 107 km da capital, e outras em um estúdio improvisado no Ceci.

A exposição é aberta ao público e abre a programação especial do mês das mulheres nos centros de convivência de Manaus e do município de Iranduba, à 64 km da capital. Na língua Tupi, 'Tamoios e Porangas' significa 'velhas e bonitas'.

A exposição, que acontecerá em março, será aberta ao público 

A mostra acontecerá no Ceci e também nos centros da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, Zona Norte, Magdalena Arce Daou, no Santo Antônio, Zona Oeste, e ainda num shopping na Zona Centro-Sul, ao longo do mês de março. Em Iranduba haverá programação especial em comemoração ao Mês das Mulheres.

Em 20 anos de carreira, esta é a primeira vez que o fotógrafo Francisco Evangelista, popularmente conhecido como Chico Batata, faz um trabalho tão inusitado, segundo ele mesmo. "Já fiz fotos de polícia, acidentes, e outras coisas mais comuns nesse meio, mas nunca pensei que poderia fazer uma sessão de fotos como essa. Quando recebi o convite fiquei assustado, porque geralmente sou chamado para fazer sessões com mulheres jovens para comerciais e afins. Trabalhar com idosas foi diferente e gostei muito", disse ao G1.

Chico Batata explicou que as senhoras foram acompanhadas por psicólogos e assistentes sociais antes da sessão de fotos e que o maior objetivo do trabalho é levantar a auto-estima das mulheres sem perder o devido respeito que a idade exige. "É claro que as senhoras ficaram tímidas no começo, isso é normal, mas todas elas tiveram o apoio de profissionais e ainda de seus maridos, o que foi fundamental pra que elas perdessem a timidez. O trabalho é de muito bom gosto", afirmou o fotógrafo.

O filme 'Garotas do Calendário' inspirou as idosas a fazer o ensaio fotográfico 

A ideia
De acordo com a gerente técnica do Centro Lucineide Ribeiro, a ideia de fazer uma exposição exaltando a sensualidade das idosas surgiu após um filme exibido para as mesmas, em uma das atividades do Ceci. O longa inglês 'Calendar Girls', em português 'Garotas do Calendário', da Walt Disney Pictures, mostra a história de um instituto que congrega senhoras em torno de atividades, como fabricação de doces e geléias, jardinagem ou tricô. Para ajudar o hospital da pequena cidade onde a associação fica, o grupo inicia um movimento que dá origem à uma campanha que consiste em fazer um calendário com uma integrante do instituto para cada mês, mostrando os dotes domésticos de cada uma. O grande diferencial do calendário é que as idosas posariam completamente nuas.

Em busca da felicidade
Aos 70 anos, Dona Ivanis Gomes, que tem quatro filhos, disse nunca ter pensado em posar para um ensaio fotográfico. "Quando recebi a proposta fiquei um pouco preocupada, nunca passou pela minha cabeça fazer uma coisa dessas, mas depois que vi o resultado fiquei muito feliz, até digo por aí que agora sou modelo fotográfica", disse ao G1.

Dona Maria Edina, de 63 anos, que já foi inspetora educacional, diz que nunca se sentiu tão feliz na vida. "Passei tanto tempo me dedicando à filhos e marido, e isso me trouxe muita felicidade. Porém, acredito que hoje eu vivo plenamente, nunca me senti tão feliz", afirmou Dona Maria.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que fazemos em vida ecoa na eternidade!!!